Tão importante quanto semear flores é semear ideias.

Agricultoras e agricultores da região Centro Sul do Ceará se reuniram nos dias 27 e 28 de outubro em Acopiara para debater, junto com parceiros, os avanços e desafios do trabalho de resgate e preservação das sementes crioulas e nativas, a partir do armazenamento em Casas de Sementes Comunitárias.

O Encontro foi realizado pela Cáritas Diocesana de Iguatu e contou com a participação de agricultoras e agricultores de 15 casas de sementes,situadas nos municípios de Senador Pompeu, Pedra Branca, Cariús, Jucás, Acopiara e Saboeiro, além de parceiros como Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Senador Pompeu, Instituto Elo Amigo, Cáritas Brasileira Regional Ceará e Cáritas Diocesana de Itapipoca, Sindicato de Trabalhadoras e Trabalhadores rurais de Jucás e Instituto de Desenvolvimento Social de Agroecologia de Pedra Branca.

“Agora que estou conhecendo a semente crioula…”, comenta um dos agricultores que participaram do encontro. “Não tinha onde guardar o legume, agora tem a casa de sementes, e andando nas Comunidades (a gente) consegue mais sementes”, alegra-se a agricultora Tiene. Pereira sentencia: “Esse ano quem plantou semente do governo perdeu e quem plantou semente crioula colheu”.

Os testemunhos das mudanças ocorridas com o trabalho das sementes, a partilha e a troca de sementes culminram na necessidade de articulação de uma Rede de Intercâmbio de Sementes do território, inspirada na vivência da Região de Itapipoca que há 3 anos vem trabalhando essa articulação regional, fortalecendo e ampliando a preservação das sementes crioulas.

Para o grupo presente no encontro nasceu a Rede de Intercâmbio de Sementes – RIS da Região Centro Sul, integrando 15 casas de sementes e com a missão de contribuir para o melhor funcionamento das casas nos aspectos organizacional, politico, social e, principalmente, possibilitar o resgate das sementes crioulas.

O 1º Encontro da RIS Centro Sul já está marcado para fevereiro de 2017 em Senador Pompeu. A expectativa é de que as demais casas de sementes ausentes nesse encontro se somem no primeiro encontro da RIS para integrar a articulação.

Por Izabel Cristina, assessora regional de Economia Popular Solidária da Cáritas Brasileira Regional Ceará.

No related posts.